Praia e Marmita combinam?

January 17, 2019

 

Já todos sabemos que verão e calor rimam com dias inteiros na praia, passados entre o mar e a toalha da areia. Mas quando chega a hora de preparar tudo para mais um dia relaxando na ilha da magia, é importante levar lanches que sejam saudáveis e, ao mesmo tempo, não se estraguem com o calor. A nutricionista Ana Bravo deu alguns conselhos sobre o que levar na marmita quando a ideia é ficar na praia até o pôr-do-sol.

 

PRIMEIRO PASSO: CONSERVAR


Para a nutricionista Ana Bravo, autora do blog Nutrição com o Coração, o transporte dos alimentos e o tempo que eles vão estar na praia exige alguns cuidados, para que estes se mantenham no melhor estado possível. Por isso, num primeiro momento, é preciso ter cuidado com a forma como conservamos os alimentos nestes dias de mais calor.

 

Em tempo de praia, é preciso saber fazer as melhores escolhas, evitando intoxicações alimentares. Assim, das duas, uma: ou levamos alimentos menos perecíveis ou acondicionamos muito bem as refeições, garantindo uma boa conservação no frio. Calma, não é tão difícil assim, o primeiro cuidado será levar todos os alimentos ou preparados em embalagens fechadas, o segundo procurar uma sombra ou uma zona mais fresca para deixar a marmita e o ideal será mesmo investir numa com boa conservação no frio, um bom cooler.

 

A FRUTA É IMPORTANTE, MAS NÃO PODEMOS ESQUECER A PROTEÍNA


O passo seguinte passa pela escolha das refeições. A fruta e os legumes são importantes, mas, para a nutricionista Ana Bravo, completar as refeições com fontes de proteína pode ser uma boa ideia.

 

Os alimentos menos perecíveis, como a fruta fresca, ou desidratada, os frutos oleaginosos, os palitos de legumes (de cenoura, pepino, beterraba e nabo, por exemplo), as tortilhas de milho ou de arroz, assim como as tostas integrais (ou de quinoa ou alfarroba, por exemplo) são opções interessantes e podem garantir pequenas merendas. No entanto, se quisermos completá-las com a proteína completa de queijos ou iogurtes, ou de um ovo cozido, por exemplo, a conservação no frio será essencial. Uma opção ótima, até para as crianças, é levar os ditos palitos de legumes para molhar no iogurte. Faz lembrar palitos de batatas crocantes com um dip especial.

 

PARA QUEM OS SNACKS NA PRAIA NÃO CHEGAM


A fruta e as tostas até podem ser uma boa opção, mas se a ideia é passar muitas horas na praia, uma refeição mais completa torna-se essencial. Também neste caso, são várias as opções que se podem tomar.

 

Se pensarmos num almoço – e é tão importante fazê-lo completo também em dias de praia e férias – temos mesmo que levar um cooler e procurar a sombra. Eu aconselho os frascos com camadas, uma com uma fonte de carboidratos, como puré de batata doce ou quinoa ou arroz, por exemplo, seguida de uma de atum ou ovo cozido picado e a salada por cima. Para quem quer dedicar mais uns minutos à confecção da sua marmita, num instante prepara no wok um bife de frango ou peru cortado em pedaços, com legumes partidos. O frasco funciona também com sobremesas, por exemplo com uma camada de pudim de chia (iogurte misturado com as sementes), seguido de fruta esmagada ou em pedaços e se quisermos podemos ainda adicionar o crocante de Nuts oleaginosas.

 

HIDRATAÇÃO: NO FIM, MAS TALVEZ O PASSO MAIS IMPORTANTE


Ana Bravo não deixa de destacar a hidratação como uma das precauções mais importantes quando se passa um dia ao sol. E se já sabemos que as bebidas alcoólicas não são nunca uma boa opção, para quem não quer beber só água, há também alternativas saudáveis.

 

Pode preparar água aromatizada com gengibre, ervas a gosto, fruta socada… Importante mesmo, é não se esquecer de se hidratar!

 

 


 

 

 

Please reload

Please reload

Please reload

Posts Recentes
Reserve já!
Siga o Pulau
Arquivo
  • ICON_face
  • ICON_insta

Pulau Pousada todos os direitos reservados.

Pulau Pousada todos los derechos reservados.

Aceitamos os cartões:

Aceptamos las tarjetas: